321achei | ProCorretor

O que fazer com cliente que marca uma visita e não vai?

0
O que fazer com cliente que marca uma visita e não vai?
5 (100%) 86 votes

Saber o que fazer quando o cliente marca e não aparece é uma dúvida que muitos corretores carregam, principalmente os mais inexperientes.

Leia a seguir algumas sugestões do que fazer com cliente que marca uma visita e não vai, como agir quando o cliente marca e não aparece sem precipitações e, o mais importante, mantendo o cliente sempre próximo a você.

Descubra porque o cliente marca e não aparece

Todos temos cada vez mais tarefas a realizar e menos tempo para concluí-las. Por isso é preciso respirar fundo quando um cliente marca e não aparece.

O primeiro contato com os clientes é fundamental para que o corretor de imóveis levante o maior número de informações possível sobre essas pessoas. Assim o corretor pode ter uma noção da rotina de cada cliente, e essas informações podem ajudar a explicar quando esse cliente marca e não aparece.

Se o seu cliente é um gestor de uma grande empresa, por exemplo, reuniões e viagens de última hora podem ser uma constante em sua rotina. Assim como um médico, que pode receber um chamado de emergência e por isso acaba deixando de comparecer a uma visita agendada com você.

O melhor a ser feito nos casos em que o cliente marca e não aparece é tentar compreender que fatores motivaram essa ausência.

Tente marcar novamente a visita

Não adianta ficar se lamentando sem saber o que fazer com o cliente que marca e não aparece. Isso só fará você perder tempo.

A melhor atitude é entrar em contato com o cliente e tentar agendar uma nova visita. Procure descobrir de forma sutil o que fez com que ele não comparecesse a visita, e tente encontrar formas de impedir que isso aconteça novamente.

Uma boa estratégia é oferecer opções de dias e horários para que ele se sinta mais confortável para agendar a melhor situação conforme suas necessidades.

Não é necessário abrir um calendário para isso. Basta oferecer no máximo duas datas ou dois horários distintos.

No caso das datas, procure disponibilizar dias com um espaço entre eles. Por exemplo, diga que está com datas livres na segunda e na quinta-feira. Quanto aos horários, ofereça sempre duas opções, preferencialmente uma na parte da manhã e outra no período da tarde.

Dessa forma o seu cliente poderá escolher datas e horários que se adequem à sua rotina, minimizando as chances de que ele não compareça ao encontro.

Como confirmar a visita com o cliente sem parecer insistente?

Digamos que você recebeu a visita de um cliente interessado no seu imóvel e vocês passaram a trocar informações pelo WhatsApp. Esse cliente diz que está interessado em conhecer o imóvel e diz que quer levar a esposa para conhecer o local no próximo final de semana.

Para confirmar se essa visita realmente acontecerá uma boa dica é deixar a conversa em aberto no WhatsApp. Quando perceber que a conversa está se encaminhando para o final não visualize e não responda a última mensagem enviada pelo cliente.

Deixe para responde-lo somente um ou dois dias antes da visita, aproveitando para perguntar se o encontro continua de pé.

Essa atitude pode ajudar a diminuir o número de visitas que o cliente marca e não aparece sem que você pareça (por mais que esteja) ansioso para dar continuidade àquela negociação.

Desistir do cliente que marca e não aparece é uma opção?

Todo cliente é importante, até o momento em que ele deixa de representar uma oportunidade de negócio e passa a ser causa constante de transtornos e, principalmente perda de tempo.

Nosso tempo é cada vez mais escasso, por isso precisamos nos concentrar em pessoas que realmente estão interessadas nos serviços que oferecemos.

Se você tem aquele cliente que marca e não vem com frequência, talvez seja hora de refletir se realmente vale a pena insistir nessa negociação. Quando um cliente marca e não aparece que com repetidas vezes esse comportamento pode ter duas únicas razões: ou ele não está realmente interessado, ou ele não está pronto para dar sequência a negociação.

Ao perceber que ele ainda não está pronto para fazer o negócio, talvez seja o momento de trabalhar mais para que ele adquira a confiança necessária para dar o passo seguinte.

Caso o cliente deixe claro que não está interessado, a melhor opção é tirá-lo do seu radar e direcionar seus esforços em atrair e trabalhar outros clientes que tenham interesse de fato no que você está vendendo.

Por mais absurda que possa parecer a ideia de desistir de um cliente, nesse cenário você só tem a ganhar com isso, acredite. 

Conclusão

Durante sua carreira como corretor de imóveis será sempre comum se deparar com aquele cliente que marca e não aparece.

Por isso é necessário jogo de cintura para saber o que fazer quando cliente marca e não aparece. Conhecer o perfil de seus clientes pode ajudar a compreender possíveis ausências além de deixar mais claro qual a melhor forma de tratar cada situação.

Invista em reunir uma base de dados de clientes sólida para que fique mais fácil prever essas situações, para que possa direcionar esforços onde realmente valha a pena dedicar seu tempo.

Tem alguma dica do que fazer quando o cliente marca e não aparece? Deixe um comentário aqui embaixo.

Você também vai gostar de ler Mais artigos do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.