5 Dicas para escolher o porcelanato

0
5 Dicas para escolher o porcelanato
5 (100%) 20 votes

Saber como escolher o porcelanato correto para sua obra fará com que você não tenha nenhum tipo de surpresa depois de realizada a instalação do material, transformando aquela reforma tão esperada em um pesadelo.

Para te ajudar nessa missão, preparamos esse material especial onde você vai encontrar 5 dicas para escolher o porcelanato correto e entender quais as principais diferenças entre cada tipo de porcelanato disponível no mercado.

Tipos de porcelanato

Antes de falar sobre as dicas de como escolher o porcelanato certo para sua casa é preciso que você saiba quais as diferenças básicas entre cada tipo de porcelanato.

Porcelanato polido

O tipo mais comum de porcelanato que você encontra disponível no mercado é o porcelanato polido.

A intensidade do brilho desse tipo de porcelanato é a principal característica, e a que faz com que muita gente escolha esse revestimento.

Além disso, a facilidade de limpeza desse revestimento, que se assemelha muito a do piso frio é outra vantagem que faz com que o porcelanato polido seja o preferido na hora de escolher o revestimento da sua casa.

O porcelanato polido possui camadas protetoras de cera que fazem com que ele possa ser utilizado tranquilamente em áreas onde exista muito contato com água, como banheiro, cozinha e áreas externas.

As principais desvantagens do uso de porcelanato polido são a possibilidade grande de riscos no revestimento, e o fato desse material ser extremamente escorregadio.

Porcelanato acetinado

O porcelanato acetinado tem um acabamento com menos brilho, o que deixa os ambientes menos cansativos e mais aconchegantes, sendo mais indicado para ambientes como salas e quartos.

Entre os benefícios do porcelanato acetinado vale destacar a sua maior resistência a riscos, o seu acabamento acetinado faz com que o material seja menos escorregadio quando utilizado em áreas molhadas como banheiros ou cozinhas, ou então em áreas externas.

Esse acabamento também faz que o risco de manchas em revestimentos de porcelanato acetinado seja muito menor quando utilizado em banheiros, com contato direto com produtos como shampoos e condicionadores.

As principais desvantagens do uso desse tipo de piso estão relacionadas a troca, onde esse tipo de piso costuma apresentar certa dificuldade para ser retirada.

Além disso, quando utilizado com o objetivo de substituir pedras naturais como granito e mármore o porcelanato acetinado não se mostra como uma boa alternativa, principalmente pela sua ausência de brilho.

Porcelanato esmaltado

Esse tipo de porcelanato recebe uma camada de esmalte que possibilita que ele tenha características de superfícies lisas, ásperas, mate ou brilhantes.

Quem opta por instalar o porcelanato esmaltado precisa prestar bastante atenção quanto a PEI, uma tipologia que indica a resistência do revestimento.

Essa PEI é dividida em 5 níveis, que são:

  • PEI 1: ideal para ser utilizado em áreas com pouco atrito, principalmente paredes;
  • PEI 2: mais indicado para ser utilizado em áreas de pouca circulação;
  • PEI 3: classificação intermediária, com maior durabilidade e já podendo ser instalado em ambientes internos;
  • PEI 4: material de qualidade superior, já ideal para áreas com circulação maior de pessoas, como salas e halls;
  • PEI 5: pode ser utilizado em áreas externas e com grande circulação de pessoas por possuir uma qualidade e resistência superiores às demais.

As principais vantagens da instalação do porcelanato esmaltado são a sua baixa absorção de água, que faz com que existam menos riscos de manchas, e a manutenção extremamente simples, que como o piso frio, só precisava de um pano úmido

Confira as dicas para escolher o porcelanato ideal para sua casa.

  1. Como escolher o tamanho do porcelanato

É possível encontrar uma grande quantidade de medidas disponíveis nas lojas de matérias de construção e revestimentos, e essa variedade de opções pode acabar causando confusão na hora de escolher a melhor opção.

Mas basicamente podemos dizer que se o seu objetivo é dar ao ambiente onde o porcelanato será instalado uma sensação de que ele é maior do que a realidade, dê preferência para medidas maiores, capazes de proporcionar essa sensação de amplitude. 

  1. Como escolher o porcelanato para a cozinha

Para escolher o porcelanato para a cozinha você precisa optar por materiais que sejam mais resistentes a água e de fácil limpeza, como o porcelanato esmaltado ou o porcelanato acetinado.

  1. Como escolher o porcelanato correto para área externa

Opções de porcelanato que imitem texturas de pedras ou madeira são as mais indicadas para serem utilizadas em áreas externas.

Nesse caso o porcelanato esmaltado acaba se mostrando como a melhor opção para este uso por unir maior durabilidade e boa absorção de água.

  1. Utilize pisos “manchados”

Se você quer colocar um porcelanato na sua sala de estar, mas sabe que terá muito trabalho para mantê-lo sempre limpo os porcelanatos manchados podem ser uma ótima solução.

Os fabricantes oferecem várias opções de pisos manchados que são ótimos para quem não quer passar o dia deixando o piso impecável.

  1. Compre sempre um pouco a mais

Como você sabe, toda obra acaba precisando de algum tipo de manutenção.

Então evite comprar sempre apenas a quantidade necessária para realizar a sua obra, para que você não seja surpreendido com quantidades insuficientes que depois se transformarão em transtornos como falta de material, tons diferentes e preços mais salgados.

O ideal é comprar por volta de 15% a mais do porcelanato escolhido, para evitar qualquer problema durante a obra.

Conclusão

Agora que você já conhece as principais características e diferenças de cada tipo de porcelanato encontrado no mercado, é hora de escolher qual é a melhor opção para a sua obra e botar a mão na massa.

Aproveite nossas dicas de como escolher o porcelanato correto e depois mostre pra gente como ficou o resultado da sua obra.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.